7.2.09

Movimento Perpétuo

«Que as forças cegas se domem
Pela visão que a alma tem!»

«A terra é feita de céu»
Fernando Pessoa

A matéria de movimento, o transitório de perpétuo...

Toda a ação humana manter-se-á sendo inútil e cega enquanto se basear numa perpectiva temporária de si mesma, pois que todo o movimento da terra está baseado no eterno: o movimento do homem é, ele mesmo, a manifestação da sua eternidade.

O mesmo se passa com a Palavra. Expressar-se através da Palavra eterna, de modo temporário, é corrompê-la, é corromper-se* a si mesmo.

*tornar podre; estragar; alterar; desnaturar. Daí que o mundo esteja apodrecendo.
É, no entanto, o apodrecimento necessário para que a semente do fruto regresse ao ventre da terra e germine:
rebente o Novo Homem, como Pessoa, Poeta de si própria.

3 comentários:

Vergilio Torres disse...

Este movimento perpétuo só é quebrado pela recordação, em pausa, do respirar imortalizado do poeta. Músico.

Ouço "a dança dos camponeses" com Charlie Haden... e... obrigado, pela sugestão.

Beijos Anita.

Anita Silva disse...

:) É o estranho fenómeno que decorre da fusão do perpétuo movimento original do Mundo com o da Música... da mesma natureza; como se achando a si mesmo...

Vergilio Torres disse...

... respirando os sons da Terra...